Febre Tifóide

Doença gastrintestinal causada pela bactéria Salmoniella Typhi. A febre tifoide é uma doença que não apresenta sazonalidade, sua ocorrência está diretamente ligada com condições inadequadas de saneamento básico e hábitos individuais de higiene.

Os sintomas podem ser de leves a graves, podem surgir de forma insidiosa, com aumento da fadiga e febre, que podem ser acompanhadas de mal-estar, dor de cabeça, anorexia e hepatoesplenomegalia. Pode ser observado exantema róseo na região do tronco. Constipação intestinal, bradicardia e tosse seca também são sintomas que podem ser ocasionados pela infecção.

A febre tifoide é transmitida por via fecal-oral.

Indicação: Crianças acima de 02 anos de idade e adultos. É NECESSÁRIA ORIENTAÇÃO MÉDICA PARA AVALIAÇÃO DA NECESSIDADE DA VACINAÇÃO.

Esquema de doses: Dose única e, caso o indivíduo permaneça em risco ou volte a se expor ao risco, deve ser feita a revacinação com intervalos de 03 anos.

Contraindicações: Hipersensibilidade a algum componente da vacina (anafilaxia).

Reações Adversas: Locais, de intensidade leve e tendem desaparecer espontaneamente em até 48 horas. A ocorrência de reações sistêmicas e de anafilaxia é rara.

Via de aplicação: Intramuscular ou subcutânea.

Enviar mensagem
Estamos online